sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

N A T A L

14 comentários:

Celi Anjo Índigo disse...

Q lindo esse blog, adorei as imagens, muito linda... Abraços... Muita luz pra ti...

Isa disse...

Zélia,está lindo...
Tanta sensibilidade!
Beijo.
isa.

Anita Fonseca disse...

Estou encantada Zélia, que lindos poemas, que belas imagens, tudo muito perfeito. O mundo está precisando de pessoas mais sensíveis assim como você.

Meu carinho.

Bjão.

direitinho disse...

Parabéns pelo excelente trabalho que nos ofereceu, parabéns pelos poemas e também pela música.
Desejo-lhe um BOM NATAL
um PRÓSPERO ANO NOVO
E que continue a dar-nos tantas coisas maravilhosas.

A. João Soares disse...

Cara Zélia,
Obrigado pela sua visita e o comentário deixado em Do Miradouro. Vim retribuir a visita e encontrei um museu de arte muito interessante. Parabéns por tanta beleza.
Beijos e bom fim-de-semana
João

Jardineiro de Plantão disse...

Obrigado pela visita ao jardim... as flores e canteiros, ficam sempre encantados quando transita por lá... volte sempre que entender... eu virei ao seu encantador Blog para acompanhar as maravilhas postadas.

Abraços

JOICE WORM disse...

Olhe eu aqui, amiga. Onde andes, lá estarei te acompanhado. Hehe.
Beijossss aos milhares!

Tentativas Poemáticas disse...

Olá Zélia
Momentos deliciosos aqueles que nos oferece.
É como assistir a um espectáculo de alta qualidade aqui, neste espaço virtual, tudo fruto da criação duma mulher maravilhosa.
Beijinhos com ternura.
António

Pena disse...

Maravilhoso "cantinho" numa maravilhosa PESSOA.
Um FANTÁSTICO e FELIZ NATAL.
BEIJINHOS de fascínio.
OBRIGADO sentido.

pena

Bem-Haja pela visita simpática e doce, amiguinha.

Multiolhares disse...

Está linda a tua mensagem de natal
que tudo de bom se possa realizar
beijinhos

Teca disse...

Vim agradecer sua visita e as palavras carinhosas e encontrei um cantinho tranquilo enfeitado de beleza.
Obrigada, seja sempre bem vinda aos meus Devaneios&Desatinos.

bjks

Maria Clarinda disse...

E ficaram todos eles maravilhosos...obrigada!
Jinhos mil

O Profeta disse...

Sou coração que segue em silêncio
Nos fios do sublime pensamento
Pela ressurreição de um sorriso
Renasço nas asas do tempo

Esta Terra é degredo dos sonhos
É espelho que distorce o sentimento
É castigo no julgamento do fracasso
É fogo que se cala a todo o momento


Mágico fim de semana



Doce beijo

Eduardo Aleixo disse...

Zélia

Obrigado pela sua visita. Adorei o seu último post. Não comentei porque não tem lá espaço. Beijinhos. Eduardo